EnglishPortugueseSpanish

IOV BRASIL

NORTE 

Região Norte

As duas maiores festas populares da região  Norte são o Círio de Nazaré, em Belém (PA), e o Festival de Parintins no Amazonas. O carimbó é um estilo musical de origem negra, uma manifestação cultural marcante no estado do Pará. 

O Congo ou Congada é uma manifestação cultural de origem africana, É popular em toda a Região Norte do Brasil, durante o Natal e nas festividades de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito.

As Cavalhadas acontecem durante a festa de Nossa Senhora da Abadia, nos dias 12 e 13 de agosto. 

A Folia de Reis é outro evento comum nos estados do Norte.
A Festa do Divino   é uma da mais cultuadas em Rondônia, 

A herança indígena é

A Folia de Reis é outro evento comum nos estados do Norte.
A Festa do Divino   é uma da mais cultuadas em Rondônia, 

A herança indígena é fortíssima na culinária do Norte, baseada na mandioca e em peixes. 

Na Ilha de Marajó se destaca o frito do vaqueiro, feito de cortes de carne de búfalo acompanhados de pirão de leite. Também da ilha vem a muçarela de búfala.
O artesanato no Norte é bem diversificado e os trabalhos são produzidos com fibras, coquinhos, cerâmica, pedra-sabão, barro, couro, madeira, látex, entre outros. São feitos bichos, colares, pulseiras, brincos, cestarias, potes, etc.
Os Karajá são excelentes artesãos da arte plumária e cerâmica. Os Akwe (Xerente) são considerados o povo do trançado (cestaria) e os Timbiras (Apinajé e Krahô), são especialistas na arte dos trançados e artefatos de sementes nativas do cerrado.

No Tocantins se destaca o artesanato com capim dourado. É uma planta exclusiva do estado, sendo mais comum no Jalapão. Os artesanatos são necessariamente em formatos arredondados porque a fibra não permite ser dobrada.

Por Wagner de Cerqueira e Francisco
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola

MEMBROS FILIADOS

Clique no nome e Conheça!